Daily Archives

One Article

Vida saudável/Cuidados com o rosto

Aplicação ÁCido Tranexâmico Para Manchas E Melasma

Posted by Nellie Reid on
Aplicação ÁCido Tranexâmico Para Manchas E Melasma

melasma tratamento

Qual é o melhor tratamento para melasma?

Para tratar o melasma, que é composto por manchas escuras na pele, podem ser usados cremes clareadores, como a hidroquinona ou tretinoína, ou feitos tratamentos estéticos, como laser, peeling químico ou microagulhamento, orientados pelo dermatologista.

Sua Saúde

O Melavoid™ age tanto em melasma quanto em lentigos e em manchas causadas por hiperpigmentação pós-inflamatória, atuando em nódoas de tons marrom a negro (eumelanina) e em pigmentos amarelados a acastanhados (feomelanina). Reduz manchas superficiais (visíveis) e age diminuindo o acúmulo de coloração interna.

Pele »

Para outros, os tratamentos comuns incluem clareadores, peeling facial, mudanças de hábitos alimentares e tratamentos a laser. Depois o diagnóstico da doença, o dermatologista indicará o tratamento mas indicado para o seu caso, com o intuito de cuidar e estabilizar o tela. Para todos os casos é indicado interromper com os maus hábitos de exposição solar, iniciar ou potencializar a proteção solar.

Dermatologistas

Os filtros orais devem ter antioxidantes, como vitamina C, vitamina E e goji berry, além de antiinflamatórios que ajudam a pele a não reanimar o melasma com o calor – mas constantemente associado ao filtro de uso tópico. O melasma é uma condição Dermsoft que se caracteriza pelo surgimento de nódoas escuras e simétricas na pele.

A Relevância Do Dermatologista »

A proteção física contra o sol, com bonés, chapéus e viseiras, também é essencial. Sem dúvidas, a primeira recomendação é utilizar protetor solar com fator de proteção elevado durante todo o dia. Finalmente, se bem que a persona não se exponha diretamente ao sol, é possível que a iluminação dos ambientes e até dos aparelhos eletrônicos estimulem os melanócitos. O melasma epidérmico, ou superficial, acomete apenas as células da classe protetora da pele, que está em contato com o ambiente.

Como faço para tirar manchas de melasma do rosto?

Para ajudar na remoção das manchas, os mais usados são à base de hidroquinona, ácido glicólico, ácido retinóico e ácido azeláico. Outros ativos muito utilizados para o tratamento do melasma são: arbutin, ácido kójico, ácido fítico, ácido tranexâmico e ácido dióico.

Podem ser aplicados a qualquer hora, isoladamente ou junto com hidratantes e nutritivos. A diferença entre sardas e melasma é basicamente que sardas tem um componente mais genético, pequeno número de pessoas tem o gene das sardas e outras não.

melasma como tratar

O que é o melasma no rosto?

Melasma: o que é, causas, sintomas, tratamentos e como evitar as manchas escuras na pele do rosto e corpo. O melasma é caracterizado por uma mancha na pele muito incômoda e que acomete muitas pessoas, na sua maioria mulheres, que sempre têm várias dúvidas sobre como tratar ou evitar essas marcas.

Mas os ácidos surgem como boas opções de tratamento, dado que oferecem efeito de renovação celular ou de clareamento das manchas. Valéria Marcondes, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da American Academy of Dermatology (AAD).

melasma tratamento

Nessa estação do ano, os ativos utilizados no tratamento podem ser mais fortes sem o risco de a pele tolerar com os efeitos do sol. Com a chegada do inverno, os cuidados com a pele não podem ser deixados de lado, mesmo com pequena incidência solar. E para quem possui melasma, essa é uma boa estação para iniciar ou reforçar o tratamento das máculas escuras. As terapias disponíveis são o uso de medicamentos tópicos e procedimentos para o clareamento.

Neste caso, o uso de cremes que ajudam a uniformizar o tom da pele, de rápida aspiração e de ação comprovada em qualquer etapa da formação de nódoas são indicados. “Além da terapia domiciliar, procedimentos como peelings podem ser feitos nos consultórios e apresentam melhora depois várias sessões.

As máculas são um dos motivos mais frequentes de visitas aos consultórios dermatológicos. Caracterizado pelo apresentação de manchas escuras na pele, ele é comumente desenvolvido na localidade facial, porém também pode surgir em outras áreas expostas ao sol, como braços e colo.

Os homens também podem apresentar melasma porém mas raramente que as mulheres. Um dos fatores envolvidos são os hormônios da gravidez que estimula m a coloração da pele e está sendo produzido em maior quantidade na prenhez. O último e, de longe, o método de tratamento mas conseguível para melasma é a emprego de cremes de clareamento de pele. Os cremes e loções de branqueamento de pele funcionam devido às suas formulações de ingredientes únicos. Eles contêm substâncias que realmente mantêm os níveis de melanina verificados inibindo a atividade de enzimas e células que são responsáveis ​​pela produção de melanina.

superprodução leva a hiperpigmentação, onde essas manchas escuras e tons desiguais aparecem na pele. Já os tratamentos mais efetivos, com clareadores mas potentes, microagulhamento e peelings químicos, só podem ser iniciados preferencialmente depois o término do temporada de amamentação. O melasma é um painel restrito somente à pele, sem ser indicativo de alteração do tipo da pele.

Uma claridade negra (lâmpada de Wood) também pode ser utilizada para auxiliar no diagnóstico. É mas comum que seja diagnosticado o tipo misto de melasma e bastante raramente é necessário uma biópsia da pele para excluir outras causas para a hiperpigmentação no local. O melasma é uma requisito genética que pode despontar na cara, mas também nos braços, pescoço e colo. Tudo isso deve ser causado tanto pela exposição solar quanto pela alteração de hormônios – que é o que acontece com o uso de anticoncepcionais ou quando a mulher está prenha.

O melasma é causado por diversos factores, com proeminência para características genéticas, alterações hormonais, por exemplo gravidez, uso de anti-concepcionais e singularmente os raios ultravioletas e infravermelhos. “Além de ter ação anti-inflamatória, ajuda a regular a produção de radicais livres, sendo também um extensa coligado contra o envelhecimento precoce”, afirma a técnico. Com tantas opções, tudo é uma questão de fazer tratamento certo para se livrar dessas insistentes manchas na pele.

Esse clareador de nódoas uniformiza o tom da pele, devolve radiância, viço, protege da luminosidade visível, previne e trata os sinais de hiperpigmentação e melasma, atuando na produção, liberação e armazenamento de melanina. Outro ácido com ação clareadora é o Ácido Tranexâmico, que tem o poder de inibir a sumário de melanina, clareando assim várias máculas da pele, como o melasma. Já o Ácido Glicólico é eficiente em promover a renovação celular e é bastante utilizado no clareamento de nódoas e na redução de lesões de borbulha, ajudando também a lastrar a oleosidade da pele.

Aliás, mulheres grávidas e o mundo inteiro que começam a usar hormônios devem reforçar a proteção solar féria, prevenindo, assim, o início do obstáculo. Livremente da culpa, as nódoas tendem a deteriorar com a exposição solar. Quando as manchas despontam por conta de gestação ou tratamento com hormônios, elas podem desvanecer depois o parto ou ao final do tratamento. O melasma frequentemente se apresenta com nódoas irregulares, de cor marrom naturalmente a marrom acinzentado nas áreas de pele expostas ao sol, especialmente na face. De acordo com os dermatologistas, o melasma é uma perturbação da colorido da pele, que ocorre geralmente no rosto.

O produto ainda conta com ação anti-idade, que ilumina, uniformiza a tonalidade e melhora a textura cutânea. Para evitar o melasma, não deixe de usar protetor solar diariamente, reaplicando o produto a cada duas horas para manter a eficiência.

Com boa relação dispêndio/benefício, o protetor solar Nívea Sun Toque Seco pode ser usado até em pessoas com pele oleosa, dado que sua fórmula não leva óleo e também trabalha para reduzir o brilho e possui ação antissinais. Passar protetor solar é um cuidado importante com a pele, mesmo no rotina e em outras épocas do ano além do verão.

A médica ressalta que a luminosidade visível – como a emitida pelas lâmpadas, telas de celulares e computadores – também promove o desenvolvimento do melasma. “Neste caso, a melhor maneira de evitar a sua ação é com o uso do filtro com cor, visto que essas opções podem filtrar a radiação UVB, UVA e luz visível”, apontou. A radiação infravermelha também deve ser encarregado pelo emergência do problema e então, é importante que o filtro solar escolhido seja engrandecido com ativos que agem contra os danos desse gênero de de raios.

O seu tratamento objetiva o clareamento das manchas escuras já existentes e a prevenção do surgimento de novas lesões. A suporte do tratamento é a proteção contra os raios ultravioleta com uso de protetor solar, chapéu e, se provável, evitar exposição ao sol. O pilar do tratamento é continuamente sustentar uma fotoproteção apropriada com uso regular e quotidiano de filtros solares, preferencialmente aqueles com tom de base que protegem também contra a fração da iluminação visível. Porém, estes componentes só devem ser utilizados no período pós-parto.”, afirma Luciana de Abreu. Além disso, os peelings combinados são excelentes agentes terapêuticos que promovem clareamento significativo do melasma, com poucas sessões.